(Fonte: petgirls, via porn4ladies)

1620 Notes

1947 Notes

É um sentimento estranho. Estou triste, chateado, desanimado. Mas o culpado sou eu mesmo.
— Allax Garcia (via haumsentimento)

(via amor-vs-alcool)

181 Notes

Depois, bem depois, vem o tempo e nos mostra a verdade como se fosse um passo de dança. Suave, intenso, inteiro. Ele vem e mostra. E aí a gente olha para trás e pergunta: porque não agi diferente? Porque você não tinha o conhecimento que tem hoje. Não tinha a maturidade deste momento. Não te culpa. Não me culpa. A gente não tem culpa.
Gabito Nunes (via nefektub)

(Fonte: os-bons-nunca-morrem, via nefektub)

21697 Notes

1611 Notes

50088 Notes

O copo vazio, o corpo cheio, o coração indeciso, a coragem, o devaneio. A descoberta parada, a saudade calada, a esperança cansada e a vontade de ser amado. O medo de perder, a angustia de esquecer, a incoerência de não ver, a desventura de não ter. Os beijos roubados, os abraços dados, corações apertados, delírios evaporados. Os gritos roucos, os desejos loucos, a verdade de poucos e a mentira de outros. O copo encheu-se, o corpo perdeu-se, o medo esqueceu-se e a mentira abandonou-se. Caindo, caindo, caindo… Deixando-me pouco a pouco, matando-me muito a muito. Esquece-me, porque de mim já não lembro mais.
Cinzentos.  (via acrescentada)

(Fonte: versiculos, via efeito-medusa)

17030 Notes

17504 Notes

#flowers

#flowers

7359 Notes

What’s so great about the truth? Try lying for a change. It’s the currency of the world.

(Fonte: nickmillerturtleface, via cotidianoemflor)

482 Notes

lucadenardo:

Drag my pleasuremuse: Nicole

lucadenardo:

Drag my pleasure
muse: Nicole

39 Notes

(Fonte: denicedenice, via mudwerks)

679 Notes

(Fonte: bellecs, via lonelymine)

17662 Notes

154 Notes